domingo, 5 de outubro de 2014

O PT deve agradecer a Marina Silva!

O fim do primeiro turno está chegando, finalmente. Marina Silva foi a grande surpresa do processo eleitoral. Seu fim é meio melancólico, mas até um mês atrás ela era um fenômeno. Assustava quase todos. O mais interessante é que o PT deve agradecer muito à Marina Silva. Marina prestou um serviço sem igual ao PT. O atual governo Dilma realiza a gestão mais conservadora do partido. Mesmo o primeiro mandato de Lula - com direito a presidente tucano do Banco Central e Reforma da Previdência - não foi tão conservador como esse de Dilma. Com o medo de Marina, sua relação com o fundamentalismo, seu programa ultra-neoliberal, o PT foi, de novo, metamorfoseado em algo que não é: um representante da esquerda! A disputa foi colocada entre uma volta aos piores anos do neoliberalismo de FHC acrescido com muito fundamentalismo religioso (Marina Silva) e a continuidade em um processo de esquerda reformista (Dilma).
Se com os dois governos Lula não houve esforço para combater a criminalização dos movimentos sociais, pelo menos não houve de forma sistêmica uma política de criminalização. Com Dilma isso muda. O governo federal começa a usar uma política sistêmica de criminalização. Uso do Exército para monitorar manifestantes, tentativa de aprovar a Lei Anti-Terrorismo (o Ministro da Justiça, nomeado pela presidente, deu total apoio à iniciativa e vários deputados do PT também), aprovação do Governo Federal de vários processos policias de perseguição à manifestantes, apoio total a política de UPPs, afastamento dos movimentos sociais (O MST, historicamente próximo do PT, só conseguiu ter sua primeira reunião com Dilma esse ano depois de trocar porrada com a polícia em Brasília), uso da Força Nacional para reprimir movimentos indígenas, uso do Exército para garantir o leilão do Campo de Libra, etc.
Na política econômica temos uma radicalização das privatizações já presentes nos governos de Lula. Portos, Aeroportos, aprovação da Lei de Inovações tecnológicas, Campos de Petróleo, rodovias, privatização dos Hospitais Universitários (coisa que nem a ditadura civil-militar conseguiu), privatização do orçamento público via renuncias fiscais (só a indústria automobilística faturou 16 bilhões entre 2010 e 2014 com descontos em impostos e as indústrias continuam demitindo), financiamento da educação e saúde privada (via programas como Prouni e pagamento de leitos em hospitais particulares). Também temos a continuação do domínio dos bancos, do esquema rentista da dívida pública, etc. Nenhuma substancial mudança PROGRESSISTA na política econômica.
Por fim, na questão do direito das minorias, Dilma e o PT têm uma aliança histórica com a Igreja Universal do Reino de Deus, tinham durante quase todo seu governo nomes de peso do fundamentalismo religioso como: PSC, Pastor Everaldo, Marcos Feliciano (presidente da Comissão de Direitos Humanos em acordo com o PT), Marcelo Crivella (Ministro da Pesca no governo Dilma), PP, Jair Bolsanaro, etc. Grande parte da Bancada Evangélica era da base de apoio do governo. Dilma desistiu do programa Escola Sem Homofobia por pressão de fundamentalistas, não fez nada sério para tentar criminalizar a homofobia, avança pouco na questão das mulheres (o aborto é um dogma intocado, etc.), avança pouco na questão negra (a juventude negra continua lotando presídios, sendo exterminada pela PM, recebendo menos que brancos com a mesma qualificação, etc.) Em resumo: é impossível dizer que Dilma faz um governo para as minorias, em sua defesa.
Tudo isso some como um passe de mágica. Marina Silva vira a Besta do Sétimo Livro, a reencarnação de Satã, e a política de criminalização dos movimentos sociais, privatizações, pior política agrária das últimas décadas, pior política ambiental em anos, alianças com o fundamentalismo religioso, retirada de direitos, etc. do PT desaparece. Dilma faz várias promessas progressistas na campanha – como criminalizar a homofobia. A maioria das promessas podia ser realizada no primeiro mandato, mas nada foi feito. Enfim, isso só é possível graças à Marina. Parabéns, Marina Silva, você salvou a imagem de esquerda do PT!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

DEIXE AQUI SUA OPINIÃO!
responderei.